| Início | Sobre Mim | Multimidia | Release | Imprensa |
| Agenda | Contato |

Sobre Mim

  Desde pequeno sempre gostei muito de música e de cantar. Cantava em pequenas festas da família, e em alguns pequenos eventos.

  Mas foi aos 12 anos que tive um contato mais direto com a música. Comecei cantando. Logo pintou a curiosidade de aprender um pouco sobre instrumentos de harmonia. Havia feito 6 meses de piano com a Professora Isabel utilizando o método do Zimbo Trio, estudo esse que me ajudou com todos os outros intrumentos que toco. Logo que comecei a pegar instrumentos de corda, entendi que as teorias que havia aprendido nas aulas de piano poderiam ser aplicadas neles.

  Apesar de ter tocado em várias bandas de vários estilos, minha escola foi definitivamente o pagode, onde pude me aprimorar um pouco tanto como cantor, como instrumentista.

  No pagode, fiz meus melhores trabalhos profissionalmente falando. Tenho trabalhos como cantor, compositor e produtor disponíveis neste segmento. Fiz também grandes amigos e parceiros de música e composição, que são Cazzé e JP (Sidney da Assunção e João Paulo de Carvalho). Estes que mencionei são meus principais parceiros de produção musical e acima de tudo são os principais parceiros compositores. Mais da metade das músicas que compus ou ajudei a compor leva o nome deles. Tenho-os como grandes amigos e parceiros comerciais.

  Faço uma menção importante aqui aos amigos Cazzé e JP pois quando eu já estava desacreditado e desistente da música foram eles que me resgataram através de um projeto de um grupo de pagode com proposta diferenciada ao qual eu seria o vocalista.

  Este projeto durou 3 anos e com certeza me proporcionou grandes momentos como músico, cantor, compositor e produtor.

  Também nesta época, tirei minha Carteira de Músico Prático de forma a poder responder como profissional.

  Pouco depois da metade de 2008, estavamos para acabar o grupo por problemas financeiros e falta de atividade com remuneração a altura, encontrei um amigo dos meus tempos de iniciante na música, o Marquinhos Melodia (Marcos Vinícius Alonso), que me convidou para tocar MPB e me deu uma oportunidade de entrar neste meio tão disputado na nossa região.

  Prontamente me interessei pelo leque de possibilidades que a sigla MPB abria pra mim. Nesse segmento eu poderia cantar qualquer tipo de repertório sem restrição, do Forró ao Rock´n´Roll, passando pela Bossa, Pagode, Pop Rock e outros. Pude finalmente me realizar musicalmente neste estilo, sem falar no custo benefício, pois quando você toca violão e voz, ou violão e voz e mais um acompanhamento percussivo, seu custo é sempre menor, tornando sua despesa por apresentação muito menor, tornando essa renda um lucro.

  Quando falo de MPB (Musica Popular Brasileira), falo no sentido mais literal da expressão, popular tipo "LADO A" mesmo, mas dou uma roupagem pessoal. Quero dizer que não toco MPB no sentido erudito, com aquele repertório restrito a um padrão rotulado antigamente, eu misturo tudo, por isso falei do Forró, Pagode, Pop Rock, Rock´n´Roll, etc ...

  Por outro lado, esse popular de que estou falando tem certos limites. Você nunca vai me ver cantando o "Créu" versão violão e voz. Faço parte de um grupo de pessoas que acredita que para se fazer música é necessário pelo menos um músico.

  Graças a DEUS, meu repertório tem tido boa aceitação e tenho me apresentado com frequência.
  Para conferir de que som estou falando, acesse minha Agenda e descubra onde vou me apresentar esse mês.

  Sigo cantando, compondo e produzindo. Alguns trabalhos já realizados podem ser conferidos através da guia Multimidia, alguns vídeos, alguns audios e fotos de alguns eventos estão disponíveis lá.

  Espero que goste e visite-me mais vezes.


© 2009 - Todos os direitos reservados /// Just Design - Desenvolvendo Idéias